Quatro Colunas

Quatro Colunas

O Conhecimento Superior ou Sabedoria Cósmica (GNOSE) possui quatro colunas em sua fundação que são:
Arte, Ciência, Filosofia e Mística.
Consta-me sempre dizer do que apalpei, na experimentação em vivência direta deste fundamental e difícil ensinamento cósmico comum. Digo, sem nenhum exagero, que foi através desta vivência nestas quatro colunas do ensinamento que vim a compreender verdadeiramente a vida, além de tudo aquilo que concorre contra os seres vivos. Compreendi que a transformação ascendente também se principia de ações conscientes neste sentido de crescer espiritualmente, conhecer, aprender, desvendar, decifrar, lapidar, superar. Além das forças do polo contrário que se criam através de ações negativas.

 

Certamente que compreender tudo isso só se torna possível tomando o ensinamento como conduta decisiva, praticando suas lições com continuidade. Abrindo mão do conhecer meramente especulativo, para se dedicar na experimentação direta dos fenômenos naturais destas quatro colunas, que estão latentes em cada um de nós aqui e agora. Pois certamente não quis me tornar mais um falador sobre assuntos que jamais possa ter vivido, por isso não me conformando com nenhum tipo de história que possam contar, quis aprender as ferramentas, no modo operante do trabalho, para que por mim mesmo pudesse comprovar verdadeiramente tudo o que foi dito pelos avatares, magistrados que se esforçaram por entregar os ensinamentos vividos à humanidade. Esses magistrados são todos os Profetas desde a fundação do mundo até os dias de hoje. Certamente Eles ainda existem, pois jamais os magistrados poderiam deixar o magistério de lado.4colunas

A Arte – Está integrada a todas as outras colunas, onde nas Obras de Arte legítimas, feitas por iniciados (Cristãos Legítimos) e Mestres, nota-se o ensinamento sendo entregue, como exemplo as pinturas, que abrem o sentido inquieto da essência para que seja compreendido pontos e objetivos existenciais; obviamente que muitas vezes o meramente intelectual subjetivo não compreende este tipo de arte, assim como na música, onde muitas pessoas não compreendem o sentido dado à obra por alguns compositores que viveram o ensinamento e o transmitiram através da música a todos.

Na Arte está a cautela diante do campo de batalha, está a estratégia, o equilíbrio num caminho estreito feito o fio de uma navalha, para conduzir-se com espada em punho. Porém, todas essas coisas são feitas pelo Íntimo, Este é o Homem Autêntico dentro do iniciado. Vale dizer que aqui estão sendo ditas particularidades da conduta de um iniciado na senda estreita que leva à libertação.

A Ciência – O princípio ativo da ciência é o nascer, pois sem o nascer a própria ciência não existiria, então, é de fundamental importância a todos compreenderem que a Ciência em todos o seus aspectos está estritamente ligada a sêmen-te, pois quando um Ser Humano se dedica a lapidar-se, dando ascensão às suas sêmen-tes, sua inteligência se amplifica assombradamente, passando a desenvolver a verdadeira ciência, que obviamente em si mesma fará florescer a Sabedoria Cósmica.

Na ciência está a castidade científica, a transmutação das sêmen-tes cristônicas, pois como foi dito em parábolas: O que nasce da carne é carne (ou seja, a sêmen-te lançada ao útero nascerá em carne) mas o que nasce pelo Espírito, é Espírito (a sêmen-te sendo transmutada ou lançada dentro de si mesmo, ao coração, nascerá em fogo, em Espírito). Ninguém nasceu de teoria. todos nós nascemos da sêmen-te.

A Chave da Ciência foi guardada em parábolas, em metaforas, assim como todo o ensinamento do caminho estreito foi guardado sabiamente daqueles que já nasceram mortos em suas sêmen-tes, por isso em parábolas foram ditas essas palavras: “Deixem que os Mortos sepultem seus mortos.” “Aos que têm ouvidos ouvirão, e aos que tem entendimento que entendam”. Pois os demais mesmo tendo ouvidos para ouvir não ouvirão e nem compreenderão.

A Filosofia – É a compreensão vivida em experimentação direta da realidade, no sentido único da objetividade da existência, de aprendê-la na sua profundidade: O Real Ser (ora ‘Realidade Suprema’, vivenciada em profundidade, ora ‘Causa Primária’, ora ‘Final Omega’, ora início de tudo Alfa, ora Absoluto, Espírito, Matéria, Nascimento, Morte, Transformação, Lapidação, Regeneração, Sabedoria Solar, Transmutação, etc). A coluna da Filosofia se fundamenta na vitória sobre a psicologia, ou seja, o iniciado vence a si mesmo, vence sua própria razão, e as considerações geradas pela própria razão, onde se chega sempre ao silêncio criador, de fato: A razão perde a razão quando se achar com a razão. Certamente a filosofia é também psicologia, pois retrata como já foi dito a experimentação direta, de tudo que se viveu no drama cósmico, das oito iniciações de cada uma das três etapas do caminho de autorrealização. Certamente que aqui nos referimos à Filosofia única e verdadeira e não à filosofia como prosa, letra morta, como a pseudo erudição decorativa na vã historicidade do vão intelectualismo dos termos vagos, dos tempos modernos. Socrates sabia disso, Albert Einstein também, Freud, Dante Aliguieri também, enfim todos que alcançaram niveis superiores de inteligência vivenciaram essas questões.

Na filosofia está toda a vivência revolucionária do iniciado (Ou cristão autêntico), o caminho do Cristo Íntimo, que sustentará em si as quatro colunas, além disso dará ascendência, transformando todas as coisas internas e externas que a Ele forem direcionadas. Transformando tudo que a si mesmo chegar, como demonstrou publicamente o Mestre Jesus dizendo a Maria sua Mãe no momento em que caiu com a Cruz, ele disse: ” Veja Mãe como transformo todas as coisas”.

A Mística – É esta a própria aliança firmada com o valor da vida pelo iniciado perante a sua peregrinação nas Três Montanhas (mundos internos) da Autorrealização; a mística é o Primeiro Mistério que é também o último, a devoção ao Pai, ao Real Ser. Na mística está a busca pelo sentido único, do pulsar de um coração, está a restauração da consciência quando associada sabiamente com a morte psicológica, também conhecida como Morte Mística. Justamente por se suplicar ajuda a uma parte superior em nós, o nosso Deus Interior, que no aspecto feminino está sempre pronta a atender às nossas súplicas, A Mãe Divina (nossa senhora). Por este motivo é um ato místico de fé por uma transformação interior que se necessite naquele instante. Mas há o cuidado no manejo das forças místicas e revolucionárias, por serem forças de raios diferentes, não devem ser misturadas. Certamente que esclareço aqui aos que me compreendem, aos ávidos pela verdade, digo que a força não é a força bruta como se possa entender, mas sim me refiro à força revolucionária do aspecto das chamas, para a transformação do imperfeito em perfeito, onde na Mística se encontra o outro aspecto da mesma chama (meditação) para dar sabedoria a essência que foi libertada pela chama da revolução. Assim a essência se torna consciência.

PDVD_037Na Mística está o caminho do Monge que é dedicado ao sacerdócio ao Pai, muito secretamente. O que significa Religião certamente muitos desconhecem seus intrinsecos significados, mas religião significa o religare, ou seja religar-se com Deus, o seu Criador. Quando dizemos que nós não somos religião, certamente que isso é algo pessoal, não é um local do lado de fora onde se possa comprar com dinheiro sua salvação, isso é mais uma das tantas distorções feitas, pois o templo é o corpo do homem, o dizimo é primeiro a vontade de Deus (viver o ensinamento de Deus). O Homem precisa levantar o seu templo interior. Muitos para inferiorizar a Gnose a querem definir como uma Seita, uma doutrina criada pelo homem, e etc… Pobrezinhos nem ao menos se dão conta que a gnose significa conhecimento Cristão Único, é a sintese de todo Ensinamento Universal Crístico. Nós respeitamos todas as religiões do mundo, elas vão até a base da montanha onde se encontra o caminho, mas somente o conhecimento Cristico do modo operante que transmite a gnose nos capacita a subir, escalando a montanha da ascensão ao Pai. Assim disse o avatar da era de aquário e aqui em outras palavras confirmamos isso com clareza.
Cabe aqui dizer que somente se é um sacerdote do colégio de Iniciados da Grande Fraternidade Universal Branca (reino) se já se está na corrente solar, que já se é um adepto (Cristão Autêntico) rumo a autorrealização do Real Ser, obviamente será praticante e cumpridor de todas essas lições que aqui foram colocadas, como o conhecimento básico permitido a ser divulgado por estes tempos do fim.

Por: V.M. Raphael